quinta-feira, 24 de abril de 2014

TARAUACÁ 101 ANOS: OS SEUS POETAS, do Blog Alma Acrena (Isaac Melo)

foto: Núbia Wanderley
NÚBIA WANDERLEY – nasceu em 21 de agosto de 1951, filha de Benício Otto da Silva, grande agitador da cultura popular, e Walzira Wanderley da Silva. A poetisa foi por muitos anos professora em Tarauacá, onde reside. Publicou os seguintes livros de poesia: Miscelânea (1984); Miscelânea vol.2 (1986);Miscelânea vol.3 (1988); a publicar, Miscelânea vol. 4.

Há muitas maneiras de se medir a excelência de um povo, a poesia é uma delas, quiçá, a mais autêntica, porque diz dos anseios e sentimentos mais profundos que habita o íntimo de cada ser. O povo se faz ver em seus poetas. O poeta faz ver o seu povo. De modo que uma sociedade sem poetas, é uma sociedade sem profetas, uma sociedade que agoniza e fenece em suas próprias misérias sem a capacidade de transcendê-las ou transformá-las. Se cada um soubesse, como fez saber Guimarães Rosa em seu discurso de posse na ABL, que a poesia é remédio contra a sufocação. Se a poesia fere, ela também traz em si o bálsamo que cura. A poesia, a mais íntima, serve a liberdade humana, empresta ao homem as asas necessárias para a mais instigante viagem, a que é feita para os recônditos de si mesmo.

Lembro que, certa feita, encontrava-me fuçando um sebo em Curitiba, e me deparei com um livro intitulado AMO, cujo autor era J.G. de Araújo Jorge. Fiquei sobressaltado quando li que o poeta havia nascido na Vila de Tarauacá. Até então nunca havia lido ou ouvido falar de Araújo Jorge nos dezenove anos que havia morado no Acre. Desde então Araújo Jorge me acompanha. Aos poucos estou reunindo sua obra, cujo propósito é reuni-la completa. Outro poeta que sempre ouvia falar era o prof. Freitas, mas só mais tarde me deparei com a sua obra. E assim, pouco a pouco, fui me aproximando da poesia produzida por Tarauacaenses, como a do Raimundo Rodrigues e a da prof.a Núbia Wanderley, além da Luísa Lessa, e do José Marques Lopes, que integra a nova geração de poetas da terra do abacaxi.

Reuni, então, esta uma pequena antologia poética dos principais nomes da poesia produzida por tarauacaenses. Inclui o grande Leandro Tocantins, que sendo Belenense, nunca se desligou afetivamente da região acreana, em especial, Tarauacá, que dedicou inúmeros poemas. Espero que a nova safra de poetas tarauacaenses esteja pronta, pois onde não há poesia, cresce o deserto da desesperança.

Tarauacá: 101 anos


Cidade fundada a partir de um seringal de nome Foz do Muru, no início do século XX. Em 1907 passou a ser vila. Anos depois, 24 de Abril de 1913, foi elevada à categoria de cidade. Até 1943 o município se chamou SEABRA, quando então recebeu o nome TARAUACÁ, palavra indígena que quer dizer "rio dos paus ou das tronqueiras". O abacaxi gigante que a região produz, de até 15 kg, juntamente com as inúmeras tarauacaenses que venceram o concurso Miss Acre, Tarauacá ficou conhecida como “Terra da mulher bonita e do abacaxi grande”.

Habitavam as terras do município as tribos Kaxinawás e Jaminawas, que se localizavam às margens dos rio Tarauacá e Muru. 

A partir de 1877, intensificou-se a exploração das terras marginais do “Tarauacá”, com a emigração de nordestinos. Em 1899, um grupo de imigrantes chega à confluência do rio Muru com o Tarauacá, fundando aí, o seringal “Foz do Muru”, que em breve cresceu de importância, uma vez que era aí o ponto de partida para as explorações dos altos rios.





Leia artigos referentes a Tarauacá: Aqui, Aqui

Foto: Giovanni Acioly

Enem no Jordão, o presente de 22 anos de emancipação política

                                            Foto: João Braz/ Blog Jordão Agora

A melhor noticia e o presente para os jordanense que dentro de alguns dias irão comemorar 22 anos de emancipação política é que os estudantes ganharam o direito de realizar a prova do ENEM na cidade. 

A luta pela realização do exame nacional do ensino médio no município vem desde de 2012, quando estudantes, professores, comunidades em geral saíram as ruas reivindicando esse direito. Em 2013 os munícipes tinham que se deslocar de barco até Tarauacá, viagem com duração de sete dias.

O grito das ruas foram ouvidos e abraçados pelo senador Sérgio Petecão (PSD) e a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) que compraram essa "briga" com o MEC e o INEP. 

Foram dias de angustia até a tarde de ontem, quando, por meio da rede social Perpétua Almeida fez o anuncio. 

Por Leandro Matthaus

Leia também: Agora é pra valer e

A frase do dia, Por Sérgio Petecão

O senador Sérgio Petecão (PSD) usou a rede social na manhã de hoje para ironizar o PT.


"Veja como são as coisas, só foi os Haitianos chegarem em massa em São Paulo, que o prefeito do PT berrou. E eles queriam que o coitado do prefeito de Brasileia (Everaldo) segurasse a barra . Se São Paulo não aguenta meu irmão, quem é que vai aguentar".

Por Leandro Matthaus

terça-feira, 22 de abril de 2014

Série especial " Venceu na Vida".

O Blog Tarauacá Agora irá apresentar ao longo do ano uma série especial por titulo "Venceu na Vida ". Na série será contada a biografia de pessoas humildes da cidade de Tarauacá e Jordão que venceram na vida. O soldado do Corpo de Bombeiro Militar Francisco Evilázio é o estreante. 


Francisco Evilázio da Silva Nascimento 

Nascido 26/02/1988 no Seringal Ouro Preto Igarapé são Salvador residiu lá até 06 Anos de Idade e depois veio embora pra cidade a tratamento, sua família acabou vindo. Pobre e de família humilde foi morar em uma antiga escola que havia no bairro do corcovado, meses depois mudando para uma casinha de palha e sarrafo construída com muita labuta por seu pai e sua mãe. 

Filiação: José Lealdo do Nascimento 

Maria da Conceição Leles da Silva 

Estudou de 1995 a 2005 na Escola Edmundo Pinto. Ganhou troféu e medalha de Ouro como melhor aluno da escola. Participou da Colônia de Férias em 2004 onde sua equipe venceu e ganhou mais uma medalha de ouro. 

Estudou de 2005 a 2007 na escola de ensino Médio Dr. Djalma da Cunha Batista onde participou das três gincanas culturais da escola, a gincana mede o conhecimento dos alunos. Esteve entre os destaques porém seu turno não venceu, perdendo uma vez na semifinal e duas vezes na final pela diferença de 10 pontos. 

Terminando o ensino médio passou no ENEM, mas não pode ir estudar por falta de condição financeira. 

Em 2008 foi ministrar aulas de inglês na escola José Augusto de Araújo, onde trabalhou por três meses com as turmas de 5ª e 6ª séries, passando a assumir ciências de 6ª a 7ª e física e química da antiga 8ª série. 

No ano seguinte foi trabalhar de auxiliar de laboratório de concreto onde fiscalizava a resistência do material empregado na construção da obra. No mesmo ano passou em no vestibular de matemática pra UFAC, não fora por não ter parentes ou familiares e ainda condição de se manter em Rio Branco. 

Em 2010 passou n concurso do pró-saúde pra agente administrativo e foi trabalhar no Hospital Geral de Tarauacá Dr. Sansão Gomes. Trabalhava no TFD, ajudou muitos doentes que necessitavam do atendimento. 

Mesmo trabalhando no TFD em 2012 ainda ministrava aulas de Inglês de 6º ao 9º ano na escola 15 de Junho II na comunidade do Floresta BR-364 TK-Feijó. 

Mesmo com todo esse trabalho conseguiu estudar duas semanas pro concurso de Bombeiro e PM do Acre. Foi bem Aprovado ficou em 16º lugar pra PM e 35 Pra Bombeiro. Treinou e passou nos dois TAFs onde manteve 16º pra PM e Subiu de 35º pra 16º no Bombeiro. Foi fazer o curso de formação em Rio branco e terminou seu curso em 139º lugar a nivel estadual e em 11º lugar a nível regional. 

Francisco Evilázio tem 26 anos namora com a enfermeira Laura Luanna Abreu 23 Anos que reside em rio branco. È um exemplo de determinação e superação. É Bombeiro Militar e apresenta o programa o bombeiro e a comunidade na rádio Nova Era FM.

JORDÃO: Cartório da cidade é arrombado e ladrão leva arma

Jairo Carioca – da redação de ac24horas

O Cartório da cidade de Jordão amanheceu arrombado. A única servidora do Tribunal de Justiça no município, Lidiane Oliveira da Silva, informou que armas brancas e uma escopeta de fabricação caseira foram furtadas. Na cidade só existe um agente de Policia Civil, José Ribamar. Até a manhã desta terça-feira o PC não tinha pistas do ladrão.

Ainda de acordo a servidora pública, o ladrão tentou primeiro entrar pela janela do prédio que fica na região central da cidade. Não obtendo êxito e muito à vontade, ele arrombou a porta da frente.

“Nenhum processo foi danificado ou extraviado, o alvo parece que era somente as armas brancas e uma escopeta”, disse a servidora.

Em Jordão, no cartório funciona o Juizado Especial Criminal, mas na cidade não existe promotor, nem juiz e nem delegado de policia. O blogueiro Jucimar Mendonça disse que a cada dia cresce o número de furtos, arrombamentos e até assaltos na cidade.

Tarauacá: Empresário Edmayck Fernandes deve se filiar ao PCdoB


Circulam pelos bastidores da política tarauacaense que o empresário Edmayck Fernandes, que na última eleição para prefeito apoiou a candidata Marilete Vitorino (PSD) vem se filiar ao PCdoB, do vice-prefeito de Tarauacá, Chagas Batista. 

A vinda do empresário é uma articulação do deputado estadual e pré-candidato a reeleição Eduardo Farias. 
Ainda segundo os comentários o deputado e o empresário vem conversando desde 2013. 

Por Leandro Matthaus

Paulo Ximenes pré-candidato a deputado estadual pelo DEM



Este é Paulo Jean Ximenes, natural de Tarauacá, ex-diretor da Emurb (Rio Branco) e da ANP (Salvador).

Paulo é funcionário de carreira do INCRA (perito criminal), em 2014 irá concorrer ao cargo de deputado estadual pelo partido Democratas ao lado do também pré-candidato ao governo Tião Bocalom, da mesma sigla.

Por Leandro Matthaus

TARAUACÁ: CONCURSO PÚBLICO DA PREFEITURA SERÁ REALIZADO NO PRÓXIMO DOMINGO


No próximo domingo, dia 27 de abril, será realizado o Concurso Público da Prefeitura de Tarauacá. Há 10 anos foi realizado o último concurso efetivo da PMT.

Três mil inscritos disputam uma das 150 vagas disponíveis para as Secretarias de Administração e Educação, em níveis fundamental incompleto, médio e superior, com salários variam entre R$ 725,33 e R$ 1.924,71.

A Fundape já divulgou a relação dos locais onde serão realizadas as provas.

HORÁRIOS DAS PROVAS -(EDITAL) 

4.6. As provas serão realizadas no município de TARAUACÁ, com observância ao item 
1.3.1. no dia 27 de abril de 2014 nos horários das 14:00 às 18:00horas nos locais a erem publicados no quadro de avisos da Prefeitura Municipal de TARAUACÁ e constantes do cartão de informação do candidato a ser obtido através da Internet no endereço eletrônico http://fundape.ufac.br, a partir das 11:00 horas do dia 15 de abril de 2014. 

4.7. Os portões dos locais de aplicação de provas serão fechados às 13:40 horas, e é de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta do local e horário de realização das provas. 

4.8. O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de 40 (quarenta) minutos do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta e de corpo transparente, documento de identidade original, conforme subitem 4.1 e cartão de informação. A FUNDAPE não fornecerá qualquer material adicional aos candidatos, além do caderno de provas e CARTÃO DE RESPOSTA (GABARITO). 

4.9. Não será permitida a entrada de candidatos, sob qualquer pretexto, após o fechamento dos portões do local de aplicação de provas. 

4.10. Não haverá segunda chamada para as provas. O não comparecimento, seja qual for o motivo que tenha determinado a ausência do candidato, implicará na eliminação automática do concurso. 

4.11. Fica vedado o ingresso no local das provas de pessoas estranhas ao Concurso. 

4.12. O tempo de duração da prova será de 04 (quatro) horas. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas. Durante os primeiros 30 (trinta) minutos, a partir do início das provas, o candidato deverá conferir se o caderno de provas está completo (número correto de questões, cargo a que concorre etc.). Havendo incorreções, deverá solicitar ao fiscal de sala a troca do caderno. Decorrido esse tempo, antecipadamente comunicado pelo fiscal de sala, não mais será feita a troca do caderno por qualquer motivo. 

4.13. O horário de início e término das provas, para controle dos candidatos, será marcado 

em local visível, dentro de cada sala de aplicação, observando o tempo de duração estabelecido no subitem 4.12. 

4.14. O candidato que porventura sentir-se mal durante a realização da sua prova, poderá interrompê-la até que se restabeleça no próprio local de realização das provas. Caso o candidato não se restabeleça para terminar sua prova dentro do horário (subitem 4.12), estará eliminado do concurso público. Se o candidato se retirar do local de realização da prova, não poderá retornar para terminá-la. Não será concedido tempo extra a qualquer candidato, a qualquer pretexto. Caso o candidato já tenha preenchido parte do gabarito, este será considerado para efeito de correção; caso não tenha preenchido, não será permitido que outra pessoa o faça. 

4.15. Após resolver todas as questões da prova, o candidato deverá marcar suas respostas, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta e de corpo transparente, no CARTÃO DE 

Veja AQUI

Soldado da borracha: Promessa é dívida


Durante a segunda guerra mundial, como resultado de um acordo entre o Brasil e os Estados Unidos, dezenas de milhares de retirantes nordestinos foram mobilizados pelo exército e transportados para a Amazônia para extrair borracha para alimentar a indústria norte-americana, já que os seringais da Malásia, controlados pelos ingleses, estavam bloqueados pelas forças japonesas.

Estes brasileiros, responsáveis pelo Segundo Ciclo da Borracha e pela expansão demográfica da Amazônia, são conhecidos como Soldados da Borracha.

Sem qualquer tipo de treinamento, trabalharam arduamente para auxiliar o Brasil e os demais Aliados contra o Eixo (Alemanha, Itália e Japão), mas a verdadeira guerra que eles travaram foi particular, contra a floresta, uma luta diária pela sobrevivência.

Uma batalha que nós Amazonenses sabemos exatamente o quão cruel ela pode ser.

A promessa de retorno para casa após o fim da guerra foi, na verdade, para poucos, já que a maioria dos trabalhadores morreu enfrentando as dificuldades e agruras típicas da selva, como a malária.

Mas ao contrário dos Pracinhas, estes bravos brasileiros só receberam o devido reconhecimento do governo brasileiro como combatentes da II Guerra Mundial em 1988, e até hoje ainda lutam para receber uma pensão justa, como recebem todos os ex-combatentes.

Neste sentido, estou particularmente envolvido na aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 61/2013 que o Senado está debatendo neste momento e que prevê uma justa pensão mensal vitalícia equivalente a dois salários mínimos a cada um dos soldados, além de uma indenização, em parcela única, no valor de R$ 25 mil, e que será estendida aos dependentes dos seringueiros na data de entrada em vigor da Emenda Constitucional.

Esta é uma dívida que o país não se orgulha. E para reparar tamanha injustiça, lutarei para que o projeto que está em discussão seja aprovado o mais rápido possível.

Já passou da hora de o Brasil reconhecer e valorizar seus verdadeiros heróis!

*Eduardo Braga - senador pelo PMDB do Amazonas e líder do governo no Senado.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

A escolha


A vida é feita de escolha. Eu escolhi estudar e me dedicar a passar nos concursos públicos mesmo assim, ainda sou refém da política e não da politicagem. O vice-prefeito de Tarauacá escolheu viver organizando sindicato, lutar por uma sociedade igualitária, que o homem do campo receba a mesma Educação que o da cidade. Batista como é conhecido pela sociedade abdicou de fazer uma faculdade, de construir patrimônios, mas não abriu mão de lutar por uma Tarauacá melhor. Não posso criticar um homem que decidiu lutar por uma cidade melhor por meio da política, em vez de ser um empresário, médico, afinal nada acontece senão através de política. Agora si suas ações políticas vier ser contrário aquilo que eu compreendo por ética, honestidade, criticarei sem medir as palavras, contudo, até hoje é digno do meu respeito. 

Por Leandro Matthaus

Cinco anos de espera por quase nada!

Leia a matéria no blog do Accioly sobre a reforma do estádio de Tarauacá Naborzão. Isso demonstra o respeito do governo do estado com os cidadãos tarauacaenses, melhor, com os contribuintes. Justo Tarauacá que deu a vitória a Tião Viana nas eleições de 2010, tinha que ser tão castigada pela suas mãos.


                                                Gramado ainda não está pronto

Alguns desportistas de Tarauacá entre eles o Presidente da Liga Tarauacaense de Desporto - LTD, Edmilson Jansen, Secretário Municipal de Esportes, João Maciel, Presidente da Câmara Manoel Monteiro, Representantes da Secretaria Estadual de Esportes, Enio Filho, Representante do Esportes da Prefeitura de Jordão, Souza, entre outros, fizeram recentemente uma visita ao Estádio Naborzão, para acompanhar os últimos detalhes da reforma que já dura mais de 3 anos. 

                                          Arquibancada recebeu penas uma pintura

Na verdade o Estadio sofreu uma pequena reforma na antiga estrutura, nada de novo. A parte da grama ainda não está pronta e ainda deverá demorar cerca de três meses para que se possa realizar uma partida de futebol. A empresa responsável pela obra deve fazer a entrega oficial ao Governo do Estado que em seguida devolverá o estádio para a LTD, como foi acordado com o Conselho Deliberativo da Entidade.

TARAUACÁ: VEREADORA JANAINA FALA DO CONCURSO PÚBLICO DA PREFEITURA


Em seu blog, a Vereadora Janaina Furtado esclarece até aonde foi a participação dela no Concurso Público da Prefeitura. A vereadora aproveita a nota para se mostrar indignada com a postura do prefeito Rodrigo Damasceno. Em alguns trechos ela o chama de ingrato. 

Leia a nota abaixo:

Gostaria de esclarecer à sociedade Tarauacaense algumas informações sobre minha participação, como representante da Câmara de Vereadores, na Comissão do Concurso Público da Prefeitura.

DROGARIA VIVER BEM ( CUIDAR DE VOCÊ FAZ BEM).

NA DROGARIA VIVER BEM, VOCÊ ENCONTRA MEDICAMENTOS, PERFUMARIA E PRODUTOS PARA SUA HIGIENE PESSOAL-
RUA JOÃO DE PAIVA -979, PRÓXIMO AO SWING CLUBE.