sábado, 19 de abril de 2014

Salário mínimo será de R$ 779,79 em 2015


O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão encaminhou ao Congresso Nacional, nesta terça-feira (15), o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015 (PLDO-2015). De acordo com o texto, o salário mínimo deve ser reajustado em 7,71% e atingir R$ 779,79 a partir de janeiro de 2015. Atualmente o valor do mínimo é de R$ 724, 00.

Entre as prioridades do PLDO 2015 foram listados o Plano Brasil Sem Miséria (PBSM), o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Minha Casa, Minha Vida. O documento, elaborado pelo Planejamento, estabelece metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro do ano seguinte.

Desta forma, para 2015, o governo estima um crescimento 3% para a economia e uma taxa de inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), de 5% ao ano. A projeção para o superávit primário do setor público consolidado será de R$ 143,3 bilhões, ou 2,50% do Produto Interno Bruto (PIB), que representa o total de bens e serviços produzidos no País.

Com o abatimento de R$ 28,7 bilhões referentes ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a meta do superávit primário mínimo do governo central é de R$ 114,7 bilhões, ou 2% do PIB. O superávit primário é a economia que o governo faz para pagar os juros da dívida pública. O esforço previsto para estados e municípios neste sentido é de R$ 28,7 bilhões, ou 0,50% do PIB.

Prefeito me cale com ações

                  

Na quinta-feira (17) escrevi uma coluna para o site da rrctv.com.br com o titulo: Concurso da Prefeitura de Tarauacá sob suspeita e reproduzi em meu blog Tarauacá Agora e outros blogueiros locais também reproduziram. O prefeito Rodrigo Damasceno e a Fundape emitiram uma nota dizendo que vão processar administrativamente e judicialmente todos àqueles que criaram ou favoreceram a propagação dessas leviandades para que sejam punidos com os rigores da lei.

Leia os tópicos da coluna e em seguida comento:

“O comentário da cidade
O assunto mais comentado da cidade é que existe uma prova do concurso da Prefeitura de Tarauacá circulando. Comenta-se que a prova está sob a égide de um secretário, que tem a responsabilidade de passar as informações referentes ao certame para algumas pessoas ligadas ao governo. A prova será aplicada no dia 27 de abril.

Bastidores
Não que eu acredite na hipótese que essa prova esteja circulando, contudo, a coluna tem o papel de informar aos leitores dos principais fatos comentados na cidade. Buscando sempre averiguar as informações e deixando o espaço aberto para as pessoas ou órgãos, que, aqui sejam citados.

Versão da Prefeitura
Versão da Prefeitura dada pelo secretário de administração, Dilvo Bareta, presidente da comissão responsável pela elaboração do concurso: Caro Leandro, a elaboração da prova são feitas pela UFAC e não por nós. Todas elas (provas) virão acompanhadas de escolta policial e serão armazenadas no quartel da policia militar. O coronel Gonzaga (comandante da PM) está ciente disso caso você venha ter duvida.”

Vejamos caros leitores em nenhum momento eu caluniei ( caluniar é acusar alguém sem ter prova), injuriei (injuriar é qualquer xingamento dito a uma pessoa) ou difamei ( difamar é ofender a honra) os órgãos Fundape (responsável pela elaboração das provas) e tampouco a Prefeitura ou seus representantes. Apenas mencionei os comentários que circulam por toda cidade, sem emitir juízo de valor, inclusive, antes de postar a coluna ouviu a versão da Prefeitura de Tarauacá, por meio, do secretário de administração Dilvo Bareta como vocês leram acima. Não escrevi nada além daquilo que a CF me assegura que é a manifestação de pensamento. A Constituição Federal no Art. 5º diz: Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, complementado pelo parágrafo IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. 

Não é necessário ser um jurista para notar que em nenhum momento cometi crime, apenas postei a opinião de terceiro, além do mais, não houver afirmação sobre o fato, vinculando ainda na postagem a versão da Prefeitura. Na verdade caros leitores o prefeito estar tentando me calar, proibir minha livre manifestação de pensamento contra sua gestão que patina na lama, um gestor que seus discursos não se traduzem em obras, apenas em falácia e mais falácia. Isso é porque enquanto sua popularidade cair de forma assustadora no descrédito dos munícipes, o blog Tarauacá e a coluna do Leandro Matthaus (eu) aumenta o acesso e a credibilidade, sua gestão não passar de fotos postas na rede social. Aquele que foi ungido nas urnas pelo sufrágio universal como um “salvador da cidade”, hoje é um tido como um gestor que roubou o sonho de milhares de tarauacaense com seus discursos de salvador. 

Prefeito me cale com ações que beneficie e melhore a vida da nossa população. Assim você ganhará meu respeito e admiração e um defensor de seu governo e propagador do seu nome.

Por Leandro Matthaus
Leandro23333@gmail.com

19 de abril: Dia do índio



Foto: Jardy Lopes

Tarauacá: Procurador jurídico diz que está sendo ameaçado por servidor da Secretaria de Saúde

No dia 9 de abril o procurador jurídico da Prefeitura de Tarauacá, Oscar Soares Júnior,  postou na rede social (facebook) que está sendo ameaçado por um funcionário da secretaria de saúde do município. Oscar Júnior não informou o nome do funcionário.


"Estou há menos de um semestre à frente da Procuradoria Geral do Município de Tarauacá e tenho pautado meu trabalho conforme o que estipula a nossa legislação vigente. Tenho adotado uma postura conciliatória diante das demandas que me são apresentadas e já consegui grandes avanços para o nosso município, principalmente nas questões fundiárias. Tenho atendido em média 30 pessoas por semana e sempre busco a cordialidade e formalidade no trato com o semelhante. O objetivo desse retrospecto é dá publicidade a um fato que vem me preocupando. Há cerca de duas semanas um servidor da secretaria municipal de saúde me procurou na sede da PGM e me relatou um problema, prontamente eu pedi para que esse funcionário formalizasse sua demanda através de um requerimento para seguirmos a regra do devido processo legal. Para a minha surpresa esse senhor se alterou e saiu batendo a porta. Passado dois dias da primeira visita ele retorna com ameaças e sai batendo a porta. Ontem um outro funcionário da secretaria de saúde me disse que eu estaria correndo riscos, pois aquele dito servidor está prometendo que vai tentar contra a minha vida. Hoje, por volta do meio dia, estava saindo para o almoço quando fui abordado no meio da rua de forma inesperada e fui publicamente ameaçado. Não rebati tais ameaças e entrei no meu carro. Diante desse relato à tarde vou, de forma conciliatória, conversar com o secretário de saúde e tentar marcar una reunião com esse servidor. Após, e dependendo do teor da conversa, irei protocolar um notícia crime contra essa pessoa e espero que essas ameaças não venham a se concretizar".


Por Leandro Matthaus
Leandro23333@gmail.com

Nota de Esclarecimento


A Prefeitura de Tarauacá e a Fundação de Apoio à UFAC – FUNDAPE, em respeito a todos os candidatos inscritos no Concurso Público para provimento de vagas em cargos de nível superior, de nível médio e de nível fundamental completo e incompleto para o quadro de pessoal da Prefeitura do Município de Tarauacá, vem a público, ante as informações divulgadas no blog “Tarauacá Agora”, esclarecer o seguinte:

As provas referentes ao Concurso Público ainda estão em fase de elaboração, sob a responsabilidade de professores do quadro efetivo da Universidade Federal do Acre, ou seja, nem mesmo os membros da Comissão do Concurso tiveram acesso às provas, pelo simples fato de que elas não foram confeccionadas.

A FUNDAPE é uma instituição séria, proba, e foi contratada pela Prefeitura de Tarauacá para organizar o certame de acordo com os princípios da legalidade, da moralidade, da publicidade e da eficiência, de modo que, quando as provas forem entregues pelo corpo docente designado para esse fim, serão lacradas e encaminhadas para a cidade de Tarauacá onde ficarão sob a guarda da Polícia Militar.

O papel da Prefeitura de Tarauacá em todo o processo referente às fases do concurso se resumiu apenas em subsidiar informações quando da elaboração do Edital, bem como no compromisso de auxiliar na seleção dos fiscais, disponibilizar profissionais de limpeza, saúde e segurança para os locais onde serão realizadas as provas, enfim, nenhum servidor da Prefeitura possui quaisquer informações sobre o concurso, a não ser aquelas que são publicadas no sítio eletrônico da FUNDAPE.

Qualquer veículo de comunicação, público ou privado, tem por dever propagar a informação de maneira íntegra, razão pela qual ele deve pautar seu trabalho pela precisa apuração e pela sua correta divulgação. Criar boatos sobre o Concurso Público sob a responsabilidade da FUNDAPE, ou ajudar a espalhá-los, é um desserviço à população, além de configurar falta de ética e respeito com todos os profissionais envolvidos.

A Prefeitura de Tarauacá e a FUNDAPE repudiam veementemente qualquer notícia fantasiosa acerca da realização do Concurso Público. Todos aqueles que desejem saber informações sobre o certame podem entrar em contato diretamente com a FUNDAPE, por meio do e-mail: fundape.ac@gmail.com, ou, ainda, pelo telefone: (68) 3229-3390.

Por fim, a Prefeitura de Tarauacá e a FUNDAPE informam que tomarão todas as medidas administrativas e judiciais cabíveis para que aqueles que criaram ou favoreceram a propagação dessas leviandades sejam punidos com os rigores da lei.


Rodrigo Damasceno Catão
Prefeito de TARAUACÁ

Lucineide Araújo de Carvalho
Diretora-Presidente da FUNDAPE

Novos leitores: Mais uma tentativa de assassinato de reputação


Por Luiz Carlos Azenha

Os blogueiros sujos resistiram firmemente a mais uma tentativa de assassinato de reputação. Esta, aparentemente coordenada internamente nas Organizações Globo.

Quem é leitor diário da blogosfera pode abandonar a leitura aqui, já que este artigo é para os milhares de novos leitores que nos procuram, segundos estatísticas de nossa audiência, em função de recentes — e falsas — acusações, que envolvem também o nome do Viomundo.

Os que acompanham mais de perto a disputa judicial entre o bravo blogueiro Luís Nassif e a revista Veja, da Editora Abril, da família Civita, sabem exatamente do que estou falando. Nassif teve a coragem de denunciar as falcatruas da revista em sua série sobre os métodos da publicação. O trabalho de Nassif foi confirmado mais tarde, quando a Polícia Federal desmontou a associação entre o bicheiro Carlinhos Cachoeira, o senador Demóstenes Torres e aliados. Eles entregavam suas “produções” jornalísticas de bastidores, contra adversários, para a publicação da Abril.

As armações tinham o objetivo clássico da mídia empresarial brasileira: o “assassinato de reputação” com objetivos políticos, ideológicos ou comerciais. Tirar vantagem enfraquecendo os outros com denúncias falsas ou artificialmente turbinadas.

Ao deixar a TV Globo, mais tarde, em 2006, o hoje blogueiro Rodrigo Vianna, do Escrevinhador, teve a coragem de fazer o mesmo: denunciar publicamente a emissora. Foi dado por alguns como doido. Porém, abriu os olhos de uma pequena parcela da opinião pública e hoje há, sem medo de errar, dezenas de milhares de brasileiros capazes de identificar com clareza os métodos da cobertura política global, que foram modulados para evitar os casos de manipulação mais evidente — hoje rapidamente denunciáveis — e trabalhar a pauta do que é ou, principalmente, não é oferecido aos leitores, ouvintes e telespectadores das Organizações Globo, dando ênfase às notícias que interessam e escondendo as que não interessam.

Este é hoje o principal motivo de os blogueiros terem se tornado, eles próprios, alvos de contínuas tentativas de “assassinato de reputação” ou “destruição de caráter”.

Eles rompem o tabu dos assuntos proibidos, muitos dos quais envolvem as próprias empresas de mídia, o que ficou bem nítido no recente aniversário de 50 anos do golpe de 1964, por exemplo, aqui e aqui.

Se você é um jovem leitor ou chegou recentemente a este espaço, calma! Sabemos que há muitas novidades para você no que escrevo. Despreocupe-se. Vá seguindo os links e acumulando informação. Eventualmente, você vai se dar conta do que lerá, verá e ouvirá repetidamente na blogosfera: a grande mídia tem lado, apesar de se dizer “neutra”, “isenta” e “imparcial”.

O lado dela ficou claro no golpe que instalou a ditadura militar em 1964. Com raríssimas exceções, que pagaram caro por isso, a mídia apoiou os golpistas que agiram com ajuda material dos Estados Unidos e censuraram, torturaram, mataram e sumiram com os corpos de adversários. Alguns dos donos da mídia se envolveram diretamente na articulação golpista; outros deram publicidade ou apoio material a ações específicas da ditadura; muitos lucraram enormemente durante o período.

São, grosseiramente, os mesmos que sempre se opuseram a governos de caráter trabalhista ou popular, que chamam de “populistas”. Os mesmos que apoiam, sempre, governos elitistas voltados acima de tudo para o lucro das elites, sem que uma migalha sequer seja concedida aos de baixo, aos mais pobres, aos assalariados.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Dilma vai de 40% para 37% mas ainda ganha no primeiro turno, diz Ibope

Ela venceria no 1º turno contra Aécio e Campos ou contra Aécio e Marina.
Pesquisa foi realizada entre quinta (10) e segunda (14) em 140 municípios.


As intenções de voto na presidente Dilma Rousseff (PT) variaram de 40% em março para 37% neste mês, mas ainda assim ela venceria a eleição no primeiro turno se tivesse hoje como adversários Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) ou Aécio Neves e Marina Silva (PSB), além de outros sete candidatos de pequenos partidos, informa pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (17).

Um candidato vence uma eleição no primeiro turno quando a soma dos votos válidos dos rivais é inferior ao total de votos que ele recebeu. Para a Justiça Eleitoral, os votos válidos excluem brancos e nulos. As candidaturas para a eleição 2014 somente serão oficializadas em junho, mês em que os partidos terão de realizar convenções para escolher os nomes que concorrerão.

De acordo com o Ibope, Dilma acumula 37% tanto no cenário com Aécio e Campos quanto no cenário com Aécio e Marina – na última segunda-feira (14), o PSB anunciou a chapa com o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos como pré-candidato a presidente e a ex-senadora Marina Silva como vice. Até 20 dias do primeiro turno da eleição, marcada para 5 de outubro, os partidos podem trocar de candidato.

No primeiro cenário, com Eduardo Campos, os números são os seguintes:

- Dilma Rousseff (PT): 37%
- Aécio Neves (PSDB): 14%
- Eduardo Campos (PSB): 6%
- Pastor Everaldo (PSC): 2%
- Denise Abreu (PEN): 1%
- Randolfe Rodrigues (PSOL): 1%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidélix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Eduardo Jorge (PV): 0%
- Brancos e nulos: 24%
- Não sabe/não respondeu: 13%

No segundo cenário, com Marina Silva como candidata do PSB, os percentuais são:

- Dilma Rousseff (PT): 37%
- Aécio Neves (PSDB): 14%
- Marina Silva (PSB): 10%
- Pastor Everaldo (PSC): 2%
- Denise Abreu (PEN): 1%
- Randolfe Rodrigues (PSOL): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidélix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Brancos e nulos: 23%
- Não sabe/não respondeu: 12%

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas com mais de 16 anos em 140 municípios entre as últimas quinta (10) e segunda (14). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos – isso significa que a intenção de voto em um candidato com 10%, por exemplo, pode variar entre 8% e 12%. O levantamento tem nível de confiança de 95% e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o protocolo BR-00078/2014.

Trio de candidatos
O Ibope também testou cenários em que apresentou aos eleitores uma lista somente com os prováveis candidatos de PT, PSDB e PSB, sem os nomes dos postulantes dos pequenos partidos.

Com Dilma, Aécio e Eduardo Campos, a presidente somaria 39%, contra 16% e 8% dos outros dois, respectivamente. Brancos e nulos seriam 26% e não sabe/não respondeu, 11%.

Contra Aécio e Marina, Dilma teria os mesmos 39%. O tucano com 15% e Marina, com 13%. Brancos e nulos somariam 23% e não sabe/não respondeu, 10%.

Por região
A pesquisa indica que, por região do país, o melhor desempenho de Dilma está no Nordeste, onde ela aparece com 51% das intenções de voto. O pior é na região Sul (29%). Aécio tem o melhor índice no Sudeste (20%), onde Dilma acumula 31%. A região onde o tucano tem menos intenções de voto é o Nordeste (8%). Eduardo Campos tem mais preferências no Nordeste (10%). Nas demais regiões (Norte/Centro-Oeste, Sudeste e Sul), aparece com 4% em cada uma.

No cenário com Marina, Dilma tem mais intenções de voto no Nordeste (53%) e menos no Sul (28%). Nesse cenário, Aécio tem 19% no Sudeste e 7% no Nordeste. Marina Silva tem o melhor desempenho no Sul (14%) e o pior, no Norte/Centro-Oeste e no Sudeste (9% cada).

Por renda
Por critério de renda, a pesquisa mostra que Dilma tem a taxa mais elevada entre os que ganham até um salário mínimo (52%) e a mais baixa entre os que ganham mais de cinco salários mínimos (26%). O desempenho de Aécio é o inverso – o tucano tem mais preferências na faixa de mais de cinco mínimos (26%) e menos na de até um salário mínimo (7%). Eduardo Campos tem as intenções de voto mais distribuídas entre as faixas de renda: 6% (mais de cinco mínimos), 4% (de dois a cinco); 6% (de um a dois); 8% (até um).

No cenário com Marina no lugar de Campos, Dilma tem 54% entre os que ganham até um mínimo e 26% na faixa de mais de cinco mínimos. Aécio tem 23% (mais de cinco mínimos) e 7% (até um salário mínimo). Marina Silva alcança a taxa mais alta entre os de renda mais elevada (14% entre os que ganham mais de cinco mínimos) e a mais baixa entre os de renda de até um mínimo (7%).

Espontânea
Na parte da pesquisa que afere a opção do eleitor sem que tenha sido apresentada a ele uma lista de possíveis candidatos, 23% disseram espontaneamente que votarão em Dilma; 7% em Aécio; 6% em Lula; 4% em Marina; 2% em Eduardo Campos; 1% em José Serra; e 2% em outros candidatos com menos de 1% das intenções de voto. Na pesquisa espontânea, brancos e nulos somam 19% e não sabem/não respondeu, 37%.

Cooptar na II feira do peixe de Tarauacá


A cooperativa Cooptar está colaborando com a II feira do peixe e agricultura familiar de Tarauacá. O evento está sendo realizado pelo governo de o Estado e a Prefeitura. A cooperativa é responsável pela compra dos produtos agrícolas e re-distribuição dos mesmos nos órgãos estaduais. 

Este  trabalho realizado pela cooperativa vem fomentando a renda do homem do campo, além de incentivá-lo  a produzir cada vez mais. Pois sabe que haverá um comprador e deste modo garantirá o sustento da família. 

O ex-vereador Carlinhos Félix é o presidente da entidade. 

Vale destacar também que, este, incentivo do governo do Estado por meio da Cooptar evita o êxodo rural. 

Por Leandro Matthaus
Leandro23333@gmail.com

Crac contrata atacante Araújo, que estava no Goianésia


Veja : aqui

JORDÃO: Junta de Serviço Militar oferece alistamentos no município

Os serviços estarão disponíveis até a próxima quinta-feira, 25, na prefeitura de Jordão.

Kézio Araújo, do Blog Fala Jordão – falajordao@gmail.com

A Junta de Serviço Militar de Tarauacá (AC) disponibilizou na manhã da ultima quarta-feira, 16, os serviços de alistamento militar aos jovens do município de Jordão, no interior do Estado.

Os interessados deverão comparecer munidos com Certidão de Nascimento, Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), e duas fotos 3x4 (as fotografias são oferecidas pela prefeitura a custo zero). No ato da inscrição será cobrada apenas a taxa militar, no valor de R$ 2,76.

A previsão é de que pelo menos 200 (duzentas) pessoas sejam atendidas através deste projeto. A ação se dá através da parceria entre as prefeituras de Tarauacá e Jordão, atendendo o requerimento do vereador Abel Ximenes (PCdoB).

Coluna política: Concurso da Prefeitura de Tarauacá sob suspeita

O comentário da cidade
O assunto mais comentado da cidade é que existe uma prova do concurso da Prefeitura de Tarauacá circulando. Comenta-se que a prova está sob a égide de um secretário, que tem a responsabilidade de passar as informações referentes ao certame para algumas pessoas ligadas ao governo. A prova será aplicada no dia 27 de abril.

Bastidores
Não que eu acredite na hipótese que essa prova esteja circulando, contudo, a coluna tem o papel de informar aos leitores dos principais fatos comentados na cidade. Buscando sempre averiguar as informações e deixando o espaço aberto para as pessoas ou órgãos, que, aqui sejam citados.

Versão da Prefeitura
Versão da Prefeitura dada pelo secretário de administração, Dilvo Bareta, presidente da comissão responsável pela elaboração do concurso: Caro Leandro, a elaboração da prova são feitas pela UFAC e não por nós. Todas elas (provas) virão acompanhadas de escolta policial e serão armazenadas no quartel da policia militar. O coronel Gonzaga (comandante da PM) está ciente disso você venha duvida.

Só eles não trabalharam
Devido a semana santa a mesa diretora da Câmara de vereadores de Tarauacá resolveu suspender as sessões de terça e quarta. Só os vereadores que não trabalharam essa semana. Imagine se o povo adotasse essa ideia de não trabalhar na semana santa, a cidade pararia em plena segunda-feira. Ressalvamos que os feriados são comemorados na quinta e sexta. E, as sessões quando têm é na terça e quarta.

continue lendo

Desemprego fica em 5% em março, diz IBGE

Taxa é a menor para meses de março desde o início da série, em 2002.
IBGE estimou número de desempregados no país em 1,2 milhão.

A taxa de desemprego teve leve queda em março. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o indicador ficou em 5% no mês, 0,1 ponto percentual abaixo da taxa de fevereiro, de 5,1%. A taxa é a menor para meses de março desde o início da série histórica, em 2002. Em março do ano passado, o desemprego era de 5,7% para o conjunto das seis regiões metropolitanas pesquisadas.

Segundo o coordenador de Trabalho e Emprego do IBGE, Cimar Azeredo, a queda do desemprego em relação a fevereiro "não se deu em aumento de postos de trabalho, [mas] aconteceu em função do aumento de população com idade inativa".

"O nível da ocupação está estável. O nível dessa desocupação que caiu não foi em função da geração de postos de trabalho, mas em função do aumento da inatividade. Que população desocupada foi essa que reduziu? A gente precisa analisar para entender esse resultado. Mais de 1/3 dessa população inativa é formada por jovens", analisou.

O IBGE estima que 1,2 milhão de brasileiros estavam desempregados em março, resultado estável em relação a fevereiro e com queda de 11,6% na comparação com março de 2013. Já o número de pessoas ocupadas nos locais pesquisados ficou em 22,9 milhões, estável nas duas comparações.

Houve estabilidade também no número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado, estimado em 11,7 milhões, na comparação entre fevereiro e março. Frente a março de 2013, o número representa uma alta de 2%.

"É comum neste primeiro trimestre do ano a taxa de ocupação subir. Não é o que a gente observa aqui. Está estável essa ocupação. Não deu tempo de as pessoas que foram dispensadas procurar trabalho? A gente não tem como avaliar. É esperado que a ocupação venha a cair e a desocupação venha a subir nesta época do ano", explicou Azeredo.

"A taxa de desocupação de 2014 está passando abaixo da ocupação observada no ano passado, o patamar da desocupação está menor. É importante a gente observar esse movimento", diz o coordenador do IBGE. "O que a gente tem que confrontar é saber se essa taxa está combinando com o nível de ocupação."

Rendimento
O rendimento médio real habitual dos trabalhadores não teve variação significativa na passagem de fevereiro para março, ficando em R$ 2.026,60 no mês passado (alta de 3% frente a março de 2013). Já a massa de rendimento médio real habitual dos ocupados foi estimada pelo IBGE em 47,2 bilhões no mês passado, valor que representa queda de 0,7% frente a fevereiro e alta de 4% ante março de 2013.

Segundo o levantamento, houve alta nos rendimentos médios reais habituais dos empregados com carteira assinada no setor privado (2,3%), dos militares e funcionários públicos (2,3%) e dos trabalhadores por conta própria (5,8%), na passagem de fevereiro para março. Já os empregados sem carteira assinada do setor privado viram o rendimento cair 8,6% na mesma comparação. 

Regiões
A taxa de desemprego também ficou praticamente estável em todas as regiões pesquisadas pelo IBGE. Salvador se manteve na liderança, com a maior taxa em março, de 9,2% – pouco acima dos 9% do mês anterior. Já a menor taxa foi registrada em Porto Alegre, de 3,2%, 0,1 ponto percentual abaixo dos 3,3% de fevereiro. Em São Paulo, a taxa cresceu de 5,5% para 5,7%.


"Tem uma região que está destoando, que é Salvador, a gente está tentando entender esse movimento, por que que houve isso. Mas nas outras áreas, se você observar, os movimentos são bem iguais. Salvador está superior ao [nível] do ano passado. No Recife, se você pegar todos os meses de março, esse é o menor da série", afirmou Azeredo.

"Embora a desocupação tenha aumentado em Salvador, você tem uma ocupação maior lá. A gente precisa analisar melhor esse movimento. Existe um aumento da população desocupada, mas não mexeu no nível de ocupação. O que pode estar acontecendo em Salvador é procura [de emprego] por jovens. O aumento da desocupação não afeta a ocupação", completou.

Pesquisa deve acabar este ano
A Pesquisa Mensal de Emprego (PME), do IBGE, está prevista para deixar de ser divulgada a partir do início de 2014. A expectativa é que ela seja substituída pela Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), que tem maior abrangência. Enquanto a PME reúne dados de seis regiões metropolitanas, a Pnad Contínua traz o cenário do emprego em 3,5 mil municípios.

Os primeiros dados da nova pesquisa mostraram taxas de desemprego mais elevadas que as da PME: no fim de 2013, o levantamento da PME mostrou taxa de 4,3%, enquanto a Pnad apontou desemprego de 6,2%.

A nova pesquisa, no entanto, teve sua divulgação suspensa por decisão do IBGE na semana passada. Seguindo o instituto, a suspensão foi motivadas por questionamentos feitos por parlamentares e tem como objetivo fazer uma revisão na metodologia de coleta e cálculo da renda domiciliar per capita (por pessoa). O instituto explica que o cálculo atual prevê margens de erro diferentes para a pesquisa entre os estados, o que prejudica a comparação dos resultados.

Segundo o IBGE, as estimativas de renda domiciliar per capita são um dos itens considerados na distribuição de recursos aos estados por meio do Fundo de Participação dos Estados (FPE), do governo federal. De acordo com a legislação, estados com renda per capita mais elevada podem receber fatias menores de repasses do FPE.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

VOX POPULI: DILMA VENCERIA NO 1º TURNO, COM 40%


Pesquisa Vox Populi divulgada nesta tarde aponta a presidente Dilma Rousseff liderando a disputa pelo Palácio do Planalto, com 40% das intenções de voto do eleitorado; adversários do PSDB, Aécio Neves, e do PSB, Eduardo Campos, ficaram estacionados, com 16% e 8%, respectivamente; candidata do PT oscilou um ponto negativo em relação à última pesquisa, feita em fevereiro, mas ainda venceria eleições no primeiro turno

247 – Levantamento realizado pelo Instituto Vox Populi e divulgado pela revista CartaCapital na tarde desta quarta-feira 16 aponta, mais uma vez, a vitória da presidente Dilma Rousseff já em primeiro turno, com 40% das intenções de voto.

Em relação à pesquisa Vox Populi divulgada em fevereiro, Dilma caiu 1 ponto percentual, o que demonstra estabilidade. Os dois adversários praticamente não avançaram sobre os índices da presidente. Aécio Neves, do PSDB, registrou 16%, e Eduardo Campos, do PSB, 8%.

Juntos, os opositores têm 14 pontos a menos do que a presidente, a menos de três meses do início da campanha. O senador Aécio Neves também oscilou um ponto para baixo, comparado com a mostra de dois meses atrás.

Já Eduardo Campos, que nesta semana lançou oficialmente sua pré-candidatura com a vice Marina Silva na chapa, ganhou dois pontos. O candidato do PSC, Pastor Everaldo Pereira, foi lembrado por 2% dos eleitores. 

Os pré-candidatos Levy Fidelix (PRTB), Randolfe Rodrigues (PSOL), Eymael (PSDC) e Mauro Iasi (PCB) não registraram nenhum ponto. Votos brancos ou nulos representam 15% dos entrevistados e percentual que não sabe em quem votar ou não respondeu é de 18%.

O instituto ouviu 2.200 eleitores em 161 municípios para realizar a pesquisa, entre os dias 6 e 8 de abril. Os detalhes da mostra serão divulgados nesta quinta-feira 17.

Site 247

DROGARIA VIVER BEM ( CUIDAR DE VOCÊ FAZ BEM).

NA DROGARIA VIVER BEM, VOCÊ ENCONTRA MEDICAMENTOS, PERFUMARIA E PRODUTOS PARA SUA HIGIENE PESSOAL-
RUA JOÃO DE PAIVA -979, PRÓXIMO AO SWING CLUBE.