domingo, 30 de agosto de 2015

Janot arquiva ação solicitada por Gilmar Mendes contra Dilma e alfineta ‘derrotados’ na eleição

O Procurador Geral da República Rodrigo Janot - Jorge William/11-03-2015 / Agência O Globo
OGlobo, Renata Mariz

BRASÍLIA — O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que foi reconduzido esta semana ao cargo com o apoio da presidente Dilma Rousseff, alfinetou a oposição em um parecer no início deste mês, ao dizer que “não interessa à sociedade que as controvérsias sobre a eleição se perpetuem: os eleitos devem poder usufruir das prerrogativas de seus cargos e do ônus que lhes sobrevêm, os derrotados devem conhecer sua situação e se preparar para o próximo pleito”.

No parecer, datado de 13 de agosto, Janot arquivou um pedido de investigação sobre supostas irregularidades na prestação de contas da campanha de 2014 da presidente. A abertura da apuração havia sido solicitada em maio pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, que também é vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O pedido de investigação de Gilmar Mendes baseava-se em notícias publicadas pela imprensa envolvendo a contratação da gráfica VTPB Serviços Gráficos e Mídia Exterior LTDA. Segundo as informações repassadas, a empresa, que recebeu R$ 16 milhões da campanha de Dilma, não tinha estrutura para imprimir o material declarado, funcionava em endereço diferente do informado e teria feito a entrega de toda a encomenda em apenas um local, em Porto Alegre.

Janot defendeu que, além do prazo para questionamentos do tipo ter se esgotado, a prestação de contas da campanha já foi aprovada. Dessa forma, segundo o PGR, a suposta denúncia “não se mostra hábil a autorizar qualquer providência de natureza cível eleitoral”.

Mesma conclusão tem Janot ao discorrer sobre a prática de um eventual crime eleitoral a partir das informações repassadas no pedido de Gilmar Mendes. “Os fatos narrados não trazem sequer indícios de que os serviços gráficos não tenham sido prestados, nem apontam majoração artificiosa de seus preços”.

Em outro trecho do parecer, Janot elogia o “zelo” de Gilmar Mendes ao encaminhar as matérias veiculadas na imprensa para a Procuradoria, mas ressalta a “inconveniência de serem, Justiça Eleitoral e Ministério Público Eleitoral, protagonistas — exagerados — do espetáculo da democracia, para os quais a Constituição trouxe, como atores principais, os candidatos e os eleitores”.

No último dia 21, o ministro Gilmar Mendes voltou a pedir que a Procuradoria-Geral da República (PGR) e também a Polícia Federal investiguem suposta prática de atos ilícitos na campanha de reeleição de Dilma. O ministro usou informações da Operação Lava Jato para questionar o possível uso de dinheiro da Petrobras na campanha. Esse uso seria ilegal devido ao fato de a petroleira ser uma empresa de capital misto e, portanto, proibida de financiar campanhas eleitorais.

Gilmar Mendes foi o relator das contas de campanha da presidente Dilma no TSE, em dezembro de 2014. Ele as aprovou com ressalvas, sendo seguido pelos demais ministros. No despacho em que pediu abertura de investigação à PGR e à PF, Mendes justificou o voto pela aprovação alegando que apenas em 2015 houve aprofundamento das investigações do suposto esquema de corrupção na Petrobras.

Francimar Bodão se filia ao PSL de olho em uma das vagas na Câmara


O lutador de UFC Francimar Bodão comunicou neste final de semana ao governador Sebastião Viana que após retornar das próximas lutas, nas quais espera poder disputar o cinturão mundial em sua categoria, irá participar ativamente da política acreana.

Para tanto, Bodão, que nasceu em Xapuri, anunciou que se filiou ao PSL com a intenção de planejar uma possível pré-candidatura a deputado federal em 2018, e, que, nas eleições de 2016 participará das campanhas de seu partido e da Frente Popular em todo o Estado do Acre, especialmente em Rio Branco, aonde apoiará a reeleição do prefeito Marcus Viana.

Segundo o presidente do PSL, Pedro Luís Longo, a adesão de Bodão é mais um passo no projeto de fortalecer o partido no estado e representará um grande trunfo para motivar a juventude a participar mais ativamente da vida política, com o objetivo de melhorar as instituições.

Já Bodão afirmou que “meu principal foco será o incentivo aos esportes como um dos caminhos para afastar os jovens da rota dos delitos e das drogas, além de apoiar iniciativas para melhorar a educação e reduzir as desigualdades sociais”.

Ac24horas.com

TARAUACÁ: VERONA E RIVERA EMPATAM EM 5 X 5 NO ESTADUAL DE FUTSAL


Um superjogo de futsal, marcou a noite deste sábado, 29 de agosto, pelo campeonato estadual no Ginásio de Esportes Ruinet Lima de Matos, em Tarauacá. Verona e Rivera, equipes representantes de Tarauacá na competição, empataram pelo placar de 5 x 5, num jogo de grandes lances. 

De início o Verona abriu 3 x 0 e quando tudo parecia resolvido veio a reação do Rivera aplicando uma grande virada marcando 5 gols consecutivamente. Quando a torcida do River já comemorava a vitória, o Verona reagiu marcando dois gols no final do jogo, empatando o clássico.

Vale ressaltar que o Verona jogou com atletas de Tarauacá, enquanto o Rivera reforçou seu elenco, com atletas de Rio Branco e outros municípios, contando apenas com o jogador Patoka como prata da casa.

O jogo recebeu grande público e foi transmitido ao vivo pela Rádio Comunitária Nova era FM.

Por Accioly Gomes 
Blog do Accioly TK

sábado, 29 de agosto de 2015

Tarauacá: Blogueiro e Radialista Accioly Gomes é eleito presidente do Bairro COHAB


No Bairro Bento Marques- COHAB, em Tarauacá, a palavra de Raimundo Nonato Gomes Accioly "o Accioly", soa com soberania entre as demais. Não por ser autoritário, mas pelo excelente trabalho comunitário que desenvolve com a comunidade, na qual, ele chama de sua paixão. Prova disso é a vitória maciça concedida neste sábado, 29, pelos moradores para ele presidir o bairro por três anos. Com 77% dos votos Accioly foi eleito novamente para o cargo de presidente.

O ativista cultural, radialista, blogueiro, sindicalista e professor da rede pública estadual já havia sido presidente do bairro, como marca de sua gestão fundou a Rádio Comunitária Nova Era FM - há onze anos no ar, a única rádio comunitária legalizada do Estado-, conseguiu um galpão cultural- onde é desenvolvido o projeto de inclusão social e cultural da COHAB para mais de mil crianças, tem uma escolinha de futebol.

Seu programa no rádio "O terminal comunitário ou tribuna popular " é líder em audiência. Accioly é um homem dedicado a luta social. Por isso, foi reconduzido ao cargo de presidente da COHAB. sua vice-presidente é a professora Jeane Pereira.

Accioly obteve 226 votos de um total de 292 votantes, já o adversário, Lucas Melo obteve 66 votos.



Por Leandro Matthaus
Blog Tarauacá Agora
Foto: Facebook

A UJS teve uma conversa séria com o prefeito da Capital, Marcos Alexandre, sobre cargos. “O senhor acha que na campanha essa moçada aguerrida vai estar nos seus arrastões e levantando bandeiras”?

Mui amigos

O PCdoB está fazendo um estrago nas hostes petistas. Na Capital, filiou 14 presidentes de bairros, que eram do PT. No interior, o estrago é tão grande (só em Vila Campinas, um vereador do PT está saindo para o PCdoB com mais 60 pessoas), que o governador teve que chamar o presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães, para reclamar.

Na briga

Em contrapartida, a UJS teve uma conversa séria com o prefeito da Capital, Marcos Alexandre, sobre cargos. Os jovens comunistas não foram chamados para ocupar cargos nem no Estado nem na prefeitura. A pergunta que fizeram foi: “O senhor acha que na campanha essa moçada aguerrida vai estar nos seus arrastões e levantando bandeiras”? A conversa deixou o alcaide apreensivo.

Tá explicado

A secretaria de Articulação Política virou reduto da juventude do PT. El Brujo só senta no trono e puxa os cordões de vez em quando. A coisa está ficando tão séria, que ninguém se espantaria com uma reforma no reduto, nos próximos dias. O rei não está satisfeito!


Leia toda coluna Quentinnha da Redação do site Agazeta

Conheça a cidade francesa onde é proibido usar roupas

A pequena Cap d’Agde, no litoral mediterrâneo, é uma cidade naturista privada que no verão chega a receber 50.000 visitantes para passarem temporadas -- todos nus

Cap d'Agde, na França, é o maior centro naturista do mundo(Boris Horvat/AFP)

Embora não receba destaque nos guias turísticos da França, a pequena Cap d'Agde, no litoral mediterrâneo, não é uma vila qualquer. Trata-se da maior cidade de naturistas do mundo, onde avós e netinhos nudistas caminham ao lado de mulheres usando corrente de submissão e homens com piercings nas genitálias. No verão europeu, quando turistas invadem a cidade - ou resort, já que o local tem acesso restrito - cerca de 50.000 pessoas circulam sem roupa por bancos, supermercados, restaurantes, salões de beleza, peixarias, ópticas e outros estabelecimentos quando não estão se divertindo nas belas praias na região.

Placas que revelam as punições para quem for flagrado fazendo sexo em público - um ano de prisão e 15.000 euros (60.000 reais) de multa -, espalhadas por toda parte, tentam conter os ânimos de um público cada vez maior em Cap d'Agde: os praticantes de swing (troca de casal). Por um lado, a grande concentração de praticantes de sexo em grupo traz preocupação à polícia local. A boa notícia é que eles impulsionaram a notoriedade e o turismo na região.


Esse grupo ajuda a manter aquecidas as vendas das lojas de roupas e acessórios de fetiches, um setor também crescente na região. "É um resort naturista, mas o tipo de loja mais comum aqui é a que vende roupas", brincou Richard, nudista que trabalha na vila há 11 anos, em entrevista ao jornal The Guardian.

O local onde hoje existe o resort abrigou um modesto campo de nudismo no final dos anos 50. Na década seguinte, com o objetivo de impulsionar o turismo na região de Languedoc-Roussillon, seis resorts foram construídos na cidade de Agde. A princípio, o projeto não seria dedicado aos naturistas, mas em poucos anos o complexo de arquitetura modernista voltou às suas origens e se transformou no principal destino de nudistas europeus.

Outros centros naturistas que recriam zonas urbanas foram inaugurados recentemente em Munique, na Alemanha, e São Francisco, nos Estados Unidos, mas o 'título' de cidade dos nudistas pertence a Cap d'Agde.

(Da redação)

Joaquim Barbosa: TCU não tem porte para desencadear processo de impeachment

'Tribunal de Contas é um playground de políticos fracassados', disparou o ex-presidente do STF no 7º Congresso Internacional de Mercados Financeiro e de Capitais, organizado pela BM&FBovespa

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa(Murillo Constantino/Agência o Dia/Estadão Conteúdo/VEJA)

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa disse, neste sábado, não acreditar que o Tribunal de Contas da União (TCU) seja um órgão capaz de desencadear um processo grave como o de impeachment de um presidente da República. "Não acredito no Tribunal de Contas da União como um órgão sério desencadeador de um processo de tal gravidade, o Tribunal de Contas é um playground de políticos fracassados", disse. Segundo Barbosa, o TCU é um lugar onde políticos sem expectativa de se eleger buscam uma "boquinha". "(O TCU) não tem estatura institucional", afirmou no 7º Congresso Internacional de Mercados Financeiro e de Capitais, organizado pela BM&FBovespa.

LEIA TAMBÉM:

Pedaladas: Dilma nas mãos de Renan no TCU

Por impeachment, líderes de protestos vão pressionar TCU

A questão para Barbosa, portanto, residiria na capacidade de o TCU lidar com a questão das pedaladas, e não com a gravidade das manobras fiscais do governo Dilma. "Uma das características da prática jurídica brasileira é a dualidade entre o que está escrito nas normas, nas leis, e a sua execução prática. Uma coisa é eu dizer que sim, é viável juridicamente uma pedalada fiscal conduzir ao impeachment de um presidente da República regularmente eleito. Outra coisa é eu saber como realmente funcionam as instituições e acreditar nisso", disse o ex-ministro do Supremo.

Barbosa afirmou que, para prosseguir com um processo de impeachment, é preciso que as provas sejam "incontestáveis" e que envolvam diretamente o presidente da República. Ele lembrou que esse movimento é algo que precisa ser muito bem pensado, já que ele representa um "abalo sísmico" para as instituições do país.

Candidatura -- O ex-presidente do STF voltou a negar que pretenda se candidtar à Presidência da República. Ele classificou como "impossível" uma candidatura. "Olhe para mim, para esse meu jeitão, essa minha franqueza, meu modo de dizer as coisas, a minha transparência... Eu seria massacrado se resolvesse entrar na briga pela Presidência da República, a começar pelos políticos, eles não gostam de outsiders, e eu sou um", disse.

Barbosa disse que ele segue na vida pública "dialogando com as pessoas". "Estou conhecendo um Brasil que não conhecia. Tem sido muito gratificante", disse o ex-presidente do STF, que foi aplaudido de pé pelos presentes após finalizar sua palestra.

(veja Com Estadão Conteúdo)

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Acre realiza audiência pública para debater mudanças climáticas. " O evento foi promovido pela ALEAC por meio de requerimento do deputado estadual Dr. Jenilson Leite (PCdoB)".


O debate sobre mudanças climáticas vem se tornando recorrente no mundo inteiro. Até porque o planeta pede uma ação urgente do homem, mas precisamente das autoridades constituída pelo povo para dirigir os rumos das nações para evitar uma catástrofe por conta das mudança do clima devido o efeito estufa, causado pelo desmatamento das florestas, os gases poluentes gerados pelas indústrias e automóveis. 

As mudanças climáticas tem afetado milhares de pessoas, seja por falta de água, seja pelas enchentes devastadoras, como é o caso de milhares de habitantes da Amazônia legal. Em 2015, no Acre, cerca de duzentas mil pessoas foram atingidas pelas cheias dos rios. 

Pensando em encontrar soluções para este problema o Estado do Acre deu um passo afrente dos demais estado do País nesta sexta-feira, 28, com a realização de uma audiência pública para debater as mudanças climáticas, intitulada " O Acre e as mudanças climáticas ". 

A audiência foi promovida pela ALEAC ( Assembleia Legislativa do Acre) através de um requerimento do deputado estadual Dr. Jenilson Leite ( PCdoB). 

O comunista demonstra por meio de sua atuação parlamentar ser um representante do povo que acompanha os avanços da sociedade. Além de revelar seu lado ambientalista. 

O evento ocorreu no auditório da Livraria Paim, em Rio Branco. 

Tendo como palestrante a ex-senadora do Acre e ex-ministra do meio ambiente, Marina Silva, conhecida mundialmente por defender a preservação das Florestas, o vice-presidente do Senado, Jorge Viana, o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, professores doutores da UFAC, pesquisadores do INPA. Na audiência, além de debater as mudanças climáticas e o uso sustentável do meio ambiente, também foram discutido medidas para ajudar os municípios do Acre destruídos pelas cheias dos Rios.

Vejo o que falaram

Dr. Jenilson Leite (PCdoB) disse que o evento é um marco no processo de discussão que é necessário ser realizado para a elaboração de políticas públicas com vistas a reduzir esses impactos.

“Precisamos entender melhor esse tema, compreender o que está acontecendo no nosso planeta. Temos aqui palestrantes renomados, que compreendem tanto do ponto de vista científico, como de propostas que podem diminuir os impactos dos episódios que podem nos causar grandes transtornos futuramente”, pontua o autor da proposta.

Para a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (PSB), a iniciativa da Assembleia Legislativa do Acre é louvável e contribui com o país na elaboração de uma proposta para ser apresentada na COP21, que deve ser realizada em Paris, no mês de dezembro.

“Infelizmente o governo brasileiro não apresentou quais são os compromissos que o Brasil vai assumir em Paris. Os Estados Unidos já apresentaram, o México, a Índia, a União Europeia e o Brasil até agora não disse quais são esses compromissos. A mobilização em cada Estado de cada setor é fundamental. Então, iniciativas como essas que estão sendo feitas aqui e como outras que acontecem no Brasil são importantes para que o nosso país assuma a sua responsabilidade e não perca o protagonismo que tinha, mas que infelizmente está perdendo”, disse ela.

Já o vice-presidente do Senado Federal, senador Jorge Viana (PT/AC), ressaltou que se nada for feito a Amazônia será a principal prejudicada com os efeitos da emissão de gases de efeito estufa.

“Nós temos que refletir muito sobre a vida que estamos levando e sobre o padrão de produção e consumo em que vivemos. Moramos em uma região que possui o maior depósito de gases de efeito estufa, que são nossas florestas. Então temos que trabalhar para que haja, sim, o desenvolvimento humano, mas sem por em risco o próprio planeta. Se essas mudanças bruscas continuarem avançando, uma das regiões que mais sentirá os efeitos é exatamente a Amazônia”, diz Jorge Viana.

A chefe da Casa Civil, Márcia Regina, representando o governador Tião Viana (PT) no evento, disse que o governo do Acre tem intensificado as ações para o aproveitamento de áreas já abertas.

“Eu pude acompanhar de perto as mudanças feitas pelo ativismo para que o Acre hoje fosse um estado inovador, na inclusão das pessoas e na preservação de suas florestas. Estamos com programas de recuperação de áreas abertas em expansão, e isso é muito importante para a preservação das nossas florestas”, salienta.

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), destacou que é necessário refletir para buscar soluções para o enfrentamento desses problemas climáticos.

“Quero parabenizar a Assembleia Legislativa do Acre e o deputado Jenilson Leite por essa iniciativa. Ano passado o Rio Madeira viveu a maior cheia de sua história, este ano foi o Rio Acre. Enfrentamos agora o início de um verão também rigoroso, que traz problemas como as queimadas, seca dos rios, desabastecimento de água, entre tantos outros. Por tudo isso, precisamos refletir e buscar soluções, tanto imediatas como a longo prazo para esses dois extremos do clima.”, considera.

Por Leandro Matthaus
Blog Tarauacá Agora
Foto: Jardy Lopes

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Diva: Kelly Kley


A coluna Diva do Blog Tarauacá Agora traz na capa desta quinta-feira, 27, a bela jornalista Kelly Kley.


A nossa Diva assina a coluna social Estilo & Eventos no site ContilNet. Na sua coluna semanal Kelly fala dos principais acontecimentos do meio social do Estado, principalmente, da Capital.

Para manter a beleza e a sensualidade do corpo violino dado a ela pelo Criador , nossa Diva malha pesado.

A bela mulher reside na Capital do Estado, Rio Branco, é formada em comunicação social. Sua coluna social é sucesso total.



Por Leandro Matthaus
Blog Tarauacá Agora
Foto: reprodução facebook

STJ deve se pronunciar nesta sexta-feira pela liberdade ou não de Hildebrando Pascoal

Ac24horas.com 

O Superior Tribunal de Justiça deve proferir nesta sexta-feira, 28, decisão favorável ou não pela liberdade condicional do ex-coronel Hildebrando Pascoal Nogueira Neto. O defensor de Hildebrando, Rogerio Pacheco entrou com um habeas corpus pedindo ao STJ que reforme a decisão do desembargador Roberto Barros, que por meio de uma liminar a pedido do MPE cassou o direito ao regime de progressão do ex-coronel concedido no último dia 04 de agosto pela juíza Luana Campos, da Vara de Execuções Penais.

“As argumentações são as mesmas que todos já sabem, que Hildebrando Pascoal tem direito ao semi-aberto como proferiu a juíza”, resumiu Rogerio Pacheco.

Em regime fechado desde o dia 22 de setembro de 1999, Hildebrando Pascoal é acusado de chefiar o “Esquadrão da Morte”, um grupo de extermínio que atuou no Acre na década de 1990 e ganhou repercussão internacional após o assassinato com requintes de crueldade, que ficou conhecido como “Crime da Motosserra”.
Novela do caso no Acre: réu, MP, Justiça e defensores

A liminar que cassou a liberdade condicional do ex-coronel concedida pela juíza Luana Campos, da Vara de Execuções Penais, seria julgada na semana passada na Câmara Criminal, mas foi tirada da pauta.


O problema foram os prazos. A Justiça deu dez dias para que a magistrada, o MP e a defesa do réu se manifestassem. Esses prazos, vale lembrar, não são simultâneos. Até a quinta passada, apenas a juíza Luana Campos havia apresentado seu parecer..

O próprio Hildebrando Pascoal, alegando não ter condições de pagar honorários advocatícios, pediu ao Estado para ser defendido por um defensor público. Tirou sua cunhada, a advogada Fátima Pascoal do caso. A priori seria um defensor, depois escolheram dois, e por último resolveram nomear apenas um, o defensor Rogerio Pacheco, que tem 14 anos de experiência no órgão.

Para colocar o processo em pauta, o desembargador Samoel Evangelista, da Câmara Criminal, precisaria das manifestações formais da defesa e dos promotores. Como o processo encontra-se parado no TJ do Acre, o representante de Hildebrando tenta via instância superior a liberdade do ex-coronel.

TARAUACÁ: "Não trabalho para prefeito muito menos para vereador e sim para o povo", disse a vereadora Janaina Furtado.



Durante sessão realizada na manhã da última terça-feira (26), a vereadora Janaina Furtado pediu que a mesa diretora da casa pudesse fazer esclarecimentos sobre a assessoria jurídica da câmara, já que é sabido pelos nobres que existe um assessor contratado.

Ainda usando o grande expediente, a vereadora falou sobre a reunião que a mesma intermediou entre os comerciantes e prefeitura, para debater o uso do Mercado Público. Fez questão de lembrar que ela não trabalhar para prefeito e muito menos para vereador. "Trabalho para a população que a elegeu. Quanto a comentários sobre a reunião que eu convoquei entre a prefeitura e os comerciantes do mercado, afirmo aqui que esta vereadora antes de analisar o projeto que será votado por esta casa, fez questão de ir até o outro lado da rua, chamar o chefe de gabinete do prefeito, o responsável pelo setor de tributos e propôs uma conversa", disse Janaina. Disse ainda que tratou do assunto com quem elaborou o projeto, que foi a prefeitura. 

"Então tive que cobrar da prefeitura, em momento algum eu citei nome de vereador desta casa. Não sou irresponsável para sair propagando informação sem antes me inteirar dela", desabafou Janaina. Em breve, a nova lei com as regulamentações do uso dos espaços públicos, será encaminhada para o legislativo e ser votada pelos vereadores.


Nas considerações finais, a vereadora afirmou que em momento algum a mesma fugiu do debate e que a mesma é defensora de um debate sadio. "Em momento algum eu quis ofender ninguém, só peço respeito a minha pessoa’’. Finalizou a vereadora. 


Por Edilene Siva
Assessoria Parlamentar 
Vereadora Janaina Furtado

Jorge Viana critica omissão das companhias aéreas na discussão sobre preço de passagens

*Por Mariama Morena
Assessoria parlamentar 

Senador diz que irá fazer convocatória para obrigar presidentes das empresas a prestarem esclarecimentos durante audiência no Senado na próxima semana

O senador Jorge Viana voltou à tribuna do Senado nesta quinta-feira (27) para tratar de um tema que, segundo ele, “é muito caro para o povo do Acre, no sentido literal da palavra”: os preços abusivos das passagens aéreas. Pela manhã, o senador participou de uma audiência sobre esse mesmo assunto na Câmara dos Deputados, que teve como um dos propositores o deputado federal Alan Rick e reforçou que na próxima terça-feira, 1º de Setembro, a audiência será no Senado, atendendo a um requerimento de sua autoria.

Na audiência na Câmara os presidentes das companhias não compareceram gerando indignação por parte dos parlamentares presentes. Para a audiência no Senado, Jorge Viana disse que irá fazer convocatória e não apenas convite para que os dirigentes das empresas e o presidente da Agência Nacional de Aviação (ANAC) estejam presentes e respondam aos questionamentos sobre o alto custo e a má qualidade no serviço de aviação para a região norte, especialmente para o estado do Acre.

O senador elogiou o posicionamento do deputado Alan Rick e questionou o porquê de uma passagem para o Acre, hoje, custar em torno de R$ 1.700,00. Mais caro do que muitas passagens para voos internacionais, com distâncias muito maiores do que o trecho Brasília/Rio Branco. “As companhias aéreas vão querer pôr culpa no ICMS, culpa no preço do combustível. Mas, se a gente pegar a questão do combustível, por exemplo, um barril de petróleo que estava custando US$120,00, agora custa US$ 45,00”, contestou.

De acordo com o Vice-presidente do Senado, o número de passageiros só aumentou no Brasil e o serviço de transporte aéreo cresceu significativamente no país. Se em 2005, todas as companhias aéreas do Brasil transportavam 50 milhões de passageiros por ano, em 2014 foram mais de 117 milhões. “De posse disso, mais gente viajando, petróleo caindo, um negócio maior na aviação, e o que nós temos como resultado? O aumento das passagens. É verdade que, em muitos estados do Brasil, a passagem hoje está com preço menor do que em 2014 e 2013, à exceção do Acre. O Acre, por exemplo, não participa de nenhuma promoção”, declarou.

O serviço de emissão de passagens com pontos de programas de fidelidade também foi outro ponto atacado pelo senador. Segundo ele, é possível comprar trechos de passagens internacionais com 15 mil pontos, enquanto que entre a capital do Acre e a capital federal chega a custar 35 mil pontos.

Do plenário Jorge Viana foi participar de uma audiência com o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha onde também tratou desse mesmo assunto, cobrando do ministro atitudes para melhorar esse serviço que, para o parlamentar, é de primeira necessidade para quem vive na Amazônia.

“Nós vamos nos associar ao Ministério Público, nós vamos entrar com Ação Civil Pública, se for necessário. Porque está provado que tem um esquema montado entre essas companhias. Eles dizem que apenas 4% das passagens aéreas do Brasil é que têm valor acima de mil reais. Então esses 4% estão todos concentrados no Norte, no Centro-Oeste e no Nordeste brasileiro. Isso é um absurdo”, protestou da tribuna, recebendo o apoio de vários parlamentares que estavam presentes no plenário.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Tarauacá: Rodrigo Damasceno empossa 5° secretário de Educação na sua gestão. " Carlos Gomes é o novo comandante da pasta ".

O prefeito Rodrigo Damasceno ( PT) empossou nesta quarta-feira, 26, o quinto secretário de Educação durante seus dois anos e sete meses de mandato. Desde o início da gestão a pasta já foi ocupada por Luciene Calixto " Lula", Romário Costa ( chefe de gabinete), Edmundo Maciel ( ocupou o cargo mais nunca teve sua nomeação no diário oficial), e por último, Francisco das Chagas " Moço ". Até agora ninguém conseguiu compreender por ninguém conseguiu se manter no comando da secretaria mais importante do município. 

Carlos Gomes até então era a pessoa responsável por desenvolver os projetos da SEME para buscar recursos  junto ao FNDE. 

Por Leandro Matthaus 

Abaixo matéria da AssecomTK


O professor Carlos Gomes de Souza assume a pasta da Secretaria Municipal de Educação a partir da manhã desta quarta-feira, 26. A medida foi anunciada pelo prefeito Rodrigo Damasceno, após reunião realizada no auditório da SEME. 


Segundo o prefeito, a mudança foi uma decisão coletiva e sofreu apenas um “remanejamento da gestão”. O professor Carlos Gomes de Souza assume a pasta e o Ex-Secretário Francisco das Chagas Silva de Souza “Moço” volta a assumir a Gerência de Ensino Rural.

O novo Secretário Carlos Gomes pertence à equipe da Secretaria Municipal de Planejamento, Coordenador do Plano de Ações Articuladas – PAR, e possui notório conhecimento sobre todos os projetos executados, em execução e a executar na atual gestão, é professor formado em história e integra o quadro permanente do município desde o ano de 2002, e também, contratado pelo Governo do Estado desde 2014, mediante concurso público, o qual, não receberá qualquer espécie de gratificação onerosa do erário para exercer suas novas atividades.


Após os agradecimentos pela boa receptividade Carlos Gomes agradeceu o convite e a confiança depositada pelo prefeito e reiterou "Vamos dar continuidade ao excelente trabalho que o nosso Ex-Secretário desempenhou juntamente com toda a sua equipe, valorizando nossos trabalhadores e dando celeridade ao nosso projeto de proporcionar ainda mais à população uma educação de qualidade" disse o novo Secretário.


Assessoria de Comunicação